sexta-feira, 19 de junho de 2009

Duas rapidinhas sobre História!

1) Os preconceituosos metidos a historiadores de hoje só vêem atraso e maldade na Idade Média Cristã - como se nossa época, dos campos de concentração e dos híbridos humanos-animais fosse a melhor de todas! Falamos em Idade Média, e logo vêm eles cuspindo e vomitando aqueles mesmo clichês que todos já estamos cansados de ouvir: "Atraso... Obscurantismo... Fogueiras... Morte... Fogueiras... Obscurantismo... Fogueiras..." É impossível debater com essa gente que botou viseira de burro no que se refere a Idade Média. Mas isso é só mais uma das faces do preconceito genralizado contra a Igreja - aí, sim, preconceito mesmo! O Jorge Ferraz publicou no Deus lo vult! um ótimo texto sobre as fogueiras da Idade Média que eu indico com o maior prazer aos leitores do En Garde! Indispensável a leitura do artigo do Jorge.

2) Os preconceituosos de hoje têm o outro bode expiatório de sua libido perniciosa, que é o Papa Pio XII, injustamente acusado de ser um mebro do Exército de Hitler na medida em que teria sido cúmplice de suas ações contra os judeus, silenciado ante os campos de concentração. Mentira fajuta! O próprio Albert Eisntein e Golda Meir na época mesma reconheceram e agradeceram prontamente o esforço paternal de Pio XII na ajuda dos judeus. Pio XII salvou milhares de judeus dos nazistas, num trabalho diplomático silencioso, sem armas e sem balbúrdias, sem bombas e tanques. Acusar Pio XII de ser o "Papa de Hitler" é uma das piores calúnias que alguém pode proferir contra esse grande homem. Mas, para os caluniadores, indico-lhes a notícia que acaba de sair em Zenit.org, sobre os planos de Hitler para seqüestrar e matar Pio XII. Sim! O Führer planejou o seqüestro e o assassinato do Papa: Pio XII era odiado por Hitler por ser um grande inimigo do nazismo. Os planos foram revelados pela primeira vez no Julgamento de Nuremberg, em 1946 - incompreensível como até hoje acusam Pio XII de ter sido cúmplice, portanto. Vai entender a burrice de algumas pessoas... Leiam a notícia!

En Garde, soldat!

2 comentários:

  1. Muito bom.
    Gostei especialmente deste trecho: " impossível debater com essa gente que botou viseira de burro no que se refere a Idade Média."

    Abraços fraternos, amigo Iguana. kkkk

    ResponderExcluir
  2. Paulo, Paulo... Não divulga esse apelido, rapaz!

    KKKKKKKKKK!

    Abração e obrigado pelo comentário elogioso!

    Continue lendo o En Garde!

    ResponderExcluir