quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Continuam os protestos na Venezuela. E a violência...

- Protestos prosseguem na Venezuela; Chávez nomeia vice radical: "O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, alertou nesta quarta-feira que pode acelerar a implantação do socialismo no país, num dia em que alterou novamente seu ministério e a oposição manteve seus protestos contra a suspensão de um canal de TV. [...] Mostrando que se prepara para um ano combativo, Chávez reagiu a esses desafios nomeando um novo vice-presidente, conhecido por suas opiniões radicais, e tirando do ar o canal pago oposicionista RCTV. Grupos de oposição saíram às ruas nesta semana para protestar contra a desativação do canal, causando incidentes em que dois estudantes morreram. 'Se vocês (oposição) estão trilhando o caminho da desestabilização, alerto que isso vai gerar o resultado contrário do que estão buscando - que podemos decidir acelerar as mudanças', disse Chávez, que recentemente se declarou marxista, em declarações pela TV".
- Protestos contra Chávez deixam mais 11 feridos em Mérida: "Onze estudantes ficaram feridos no segundo dia de protestos pelo fechamento da emissora RCTV decretado pelo presidente da Venezuela, Hugo Chávez, e pela morte de dois universitários em Mérida durante outras manifestações, informou nesta quarta-feira, 27, o diário venezuelano El Universal. Mesmo após serem reprimidos na segunda-feira, os estudantes da Universidade Santa Maria voltaram às ruas para protestar contra as medidas decretadas por Chávez. Os manifestantes entraram em confronto com a Polícia local. Balas de borracha e bombas de gás lacrimogêneo foram usadas contra os estudantes, que revidaram com pedras e garrafas. Segundo os universitários, 11 deles ficaram feridos".
Estes acontecimentos trágicos só mostram a que poço de decadência e caos social levam os projetos revolucionários comunistóides que se quer implementar na América Latina. Mais que isso: é um alerta.  
Olhemos para a Venezuela, caríssimos: queremos ISSO para nós?! ISSO é uma "proposta edificante"?

3 comentários:

  1. E eu continuo sem entender como há pessoas que defendem "el chavo"...

    ResponderExcluir
  2. Pois é, caro Guilherme.
    Eu compartilho da mesma incompreensão...

    []s!

    ResponderExcluir
  3. Eu vi uma reportagem na qual uma militante chavista dizia que o fechamento das emissoras de tv era justo pq estas não trasmitiam pronunciamentos, não faziam isso, não faziam aquilo... Estariam agindo contra a lei, o que justificaria a ação do governo. Ora, uma imprensa livre é um sustentáculo da democracia. Tenho calafrios qdo penso que alguns governantes tupiniquins sonham em realizar os mesmo atos do chefe venezuelano...

    ResponderExcluir