sábado, 15 de maio de 2010

Quando vier o Filho do Homem, acaso achará fé sobre a terra?


.- O ator Neal McDonough, conhecido por suas atuações em filmes como Minority Report e séries como Desperate Housewives (Esposas Desesperadas) e Band of Brothers, foi despedido pela cadeia ABC da produção televisiva Scoundrels por negar-se a filmar cenas de sexo explícito, algo que vai contra seus princípios católicos.

Embora a cadeia ABC disse que sua separação se deveu a "mudanças no casting inicial", diversos meios como LifeSiteNews.com informam que a verdadeira razão foi sua negativa a realizar cenas de sexo explícito.

A postura de McDonough não é nova. Este ator, católico, casado e pai de três meninos, já tinha rechaçado anteriormente rodar cenas de sexo quando interpretava o marido da atriz Nicolette Sheridan na quinta temporada da série Mulheres Desesperadas, também da ABC, assim como na série Boombtown da NBC.

Conforme se informou à imprensa, o ator decidiu renunciar ao milhão de dólares que ia receber por seu papel em Scoundrels, por manter seus princípios.

McDonough nasceu em 1966 em Massachusetts de pais irlandeses.

Em 1999 obteve o Prêmio do jurado no Festival de cinema de Atlantic City. Recentemente recebeu uma nominação aos Screen Actors Guild Awards.

McDonough trabalhou em mais de vinte filmes, como Minority Report, Star Trek VIII e Flag of Our Fathers.

------------

Seja bendito eternamente o Senhor por suscitar servos fiéis ante tanta infidelidade e traição dentro Sua própria Igreja!

Quem diria que no meio cinematográfico, tão corrompido por todas as formas de luxúria, permaneceria firme na fé e nas obras um solitário guerreiro? Quem apostaria que, em um mundo tão perdido no hedonismo, levantassem-se intransigentemente pessoas coerentes com o que acreditam?

'É difícil hoje a vida do cristão. Obrigado a lutar sem tréguas contra si, para se manter na linha dos Mandamentos, parece uma exceção extravagante num mundo que estadeia na luxúria e na opulência a alegria de viver. Pesa-nos aos ombros a cruz da fidelidade à vossa Lei, Senhor. E, por vezes, o fôlego parece faltar-nos.' Via Sacra - Plínio Correia de Oliveira

Que bom que a este Teu servo, Senhor, o fôlego não faltou! Conservai-o, pelos merecimentos das Santas Virgens, firme até o fim.

Pois bem, como bom cristão, o ator ainda sofreu discriminação de ordem religiosa e acabou por ser despedido.

'Bem-aventurados sereis quando vos caluniarem, quando vos perseguirem e disserem falsamente todo o mal contra vós por causa de mim. Alegrai-vos e exultai, porque será grande a vossa recompensa nos céus, pois assim perseguiram os profetas que vieram antes de vós. '

Feliz surpresa, belo exemplo e perturbador sinal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário