quinta-feira, 22 de julho de 2010

O PIG do Sr. João Costa e o Show de Cinismo sobre as FARC e o PT

O Sr. João Costa é colunista do sítio Paraíba.com.br. Na página dos colunistas, assim está caracterizado: "João Costa é radialista, jornalista e diretor de teatro, além de estudioso de assuntos ligados à Geopolítica. Atualmente, é repórter de Política". 
Sou presenteado hoje por um amigo com o texto do Sr. João Costa intitulado O PIG, as FARC e os coitadinhos.
Não vou comentar o que se diz sobre a política estadual paraibana, pois ela pouco me interessa e entra um lado e outro não sei qual o pior suicídio para o Estado - é uma falta de opções semelhante à disputa de Alien vs. Predador (para usar a excepcional definição do Prof. Carlos Ramalhete) que se dá entre Dilma e Serra.
O que pretendo comentar do ridículo e cínico texto do Sr. João Costa é o que segue:
A troca de acusações sobre as supostas ligações do PT com as Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) que vem ocupando o noticiário nos últimos dias não é surpresa. É a velha tática de espalhar o terror, do tipo “comunistas comem criancinhas”. Daqui a pouco vão chamar a Regina Duarte para TV para que ela interprete o papel “tenho medo”.
Desde 2002, quando José Serra (PSDB) disputou a Presidência da República pela primeira vez contra o então candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o tema ressurge recorrentemente, em especial nos períodos que antecedem as eleições. E agora que a candidata de Lula, Dilma Roussef tem um passado de luta contra a ditadura, armada inclusive , o mote volta com força, mas como farsa. Agora o PIG – Partido da Imprensa Golpista retoma a bandeira. A Veja refaz as mesmas capas de 2002, e a Folha ( falha) de São Paulo a mesma coisa.
Recapitulando: no segundo turno da disputa pelo Palácio do Planalto, Serra tentou vincular o PT às Farc durante sua propaganda eleitoral obrigatória. Foi multado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que concedeu aos petistas 1m30s da propaganda tucana para serem utilizados como direito de resposta. Se agora o TSE vai multar Serra eu não sei. Só sei que a intenção é vincular o nome de Dilma ao tráfico de drogas. O que há na Colômbia virou mote eleitoral para Serra, que sem discurso, recorre ao medo.
Somente um diretor de teatro para criar uma peça destas!
O cinismo do Sr. João Costa - só não superior ao show de cinismo e hipocrisia que deu o próprio PT nos últimos dias - é de eriçar os pêlos da nuca!
O Sr. João Costa fala da histórica ligação entre o PT e as FARC como se fossem apenas "supostas", uma suposição. E ainda as atribui a uma "velha tática de espalhar terror, do tipo 'comunistas comem criancinhas'".
Pobre João Costa...
Se o senhor não sabe, não-caro João Costa, o PT e as FARC têm ligação há décadas. As FARC estiveram junto de Lula e Fidel Castro na fundação do Foro de São Paulo, cuja objetivo, segundo os próprios fundadores, era fazer da América Latina o que se perdeu na URSS - surpresa estarem conseguindo?
As FARC por muito tempo fizeram parte do Foro de São Paulo e nunca foram expulsas: "misteriosamente" pediram para sair quando Lula foi ganhando renome internacional e uma ligação destas seria melhor escondida...
Duvida, kamerade João Costa? Convido-lhe a ler as Atas do Foro de São Paulo antes de sair por aí balbuciando que as ligações PT-FARC são apenas suposições...
Nas Atas do Foro de São Paulo - que, repito, Lula fundou com Fidel Castro e teve entre seus membros desde o início as "companheiras" FARC - está amplamente documentada a relação de amor e carinho entre o Partido dos Trabalhadores e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, inclusive as moções de apoio irrestrito aos "movimentos sociais da Colômbia", entre os quais - adivinhem?? - as FARC!
Mas a estratégia do Sr. João Costa é a mesma de todo cínico comunista: dar uma de desentendido, se fingir de vítima ofendida, chorar, espernear e dizer que o mundo é injusto e todos estão contra ele. Nunca um comunista fez outra coisa que não isso: reclamar da vida, de Deus, do mundo, gritar e sair batendo em todo mundo.
Antes de o Sr. João Costa balbuciar que as ligações denunciadas entre o PT e as FARC são apenas suposições e que fazem parte de uma velha estratégia de terror, deveria conferir, por exemplo, os seguintes fatos:
  • O Governo do PT nunca condenou as FARC como organização terrorista; aliás, alegam que as FARC são "um movimento político e social"; porque, afinal, seqüestrar, assassinar, criar campos de concentração e traficar drogas é a definição mais certa para "movimento político-social", não é mesmo?
  • Em 2008 a Revista colombiana Cambio publicou o resultado das investigações sobre os e-mails encontrados no lap-top de Raúl Reyes - aquele narcotraficante colombiano, o segundo na hierarquia das FARC, que foi morto durante aquela operação do Exército Colombiano num acampamento das FARC no Equadro, lembram? A reportagem de Cambio intitulava-se El 'dossier' brasileño e relatava, entre outras coisas, que "en una reunión privada que sostuvieron ante muy pocos testigos, Uribe le hizo a 'Lula' un breve resumen sobre una serie de archivos que las autoridades colombianas encontraron en los computadores de 'Raúl Reyes' que comprometía a ciudadanos y funcionarios de su gobierno con las Farc." Entre outros nomes encontrados no computador de Raúl Reyes, estão José Dirceu - lembram dele? Companheiro de Lula e Dilma e importante membro do PT desde sua fundação -, o Gilberto Carvalho - Chefe de Gabinete do Governo à época -, o Min. Paulo Vannuchi - o Secretário de "Direitos Humanos" por trás do PNDH-3 e, talvez, dos direitos humanos dos narcotraficantes... -, também Celson Amorim - o Chanceler de Lula! -, Marco Aurélio Garcia - para Assuntos Internacionais [com as FARC?] - e o próprio assessor do Presidente, Selvino Heck! Estes são só alguns nomes. E, repito: foram encontrados no computador de Raúl Reyes, o segundo das FARC. E aí, João Costa, dá para dizer que é só "estratégia de terror"???
  • Em 2002, quando era prefeito de Ribeirão Preto o companheiro Palocci (aquele que depois foi tesoureiro do Lula...), foi criado na cidade um "comitê pró-FARC" pelo secretário de esportes Leopoldino Paulino, do PSB - correr do Exército e tiro ao alvo sempre foram esportes nos quais as FARC são prodígios...
  • Olívio Dutra, Governador do Rio Grande do Sul pelo PT, recebeu em 2001, os próprios comandantes das FARC, tecendo-lhes elogios e declamando apoio durante o Foro Social Mundial - aquele Foro que é o sonho turístico de todo petista...
  • Segundo a ABIN, o PT chegou até a receber 5 milhões de dólares das FARC durante a campanha de 2002!
  • Dilma Rousseff mesma - essa que agora se faz de coitadinha e afirma que estão "descendo o nível" com ela - requisitou pessoalmente a esposa de Olivério Medina, o cabide das FARC no Brasil, para exercer o cargo de Oficial de Gabinete na Secretaria da Pesca e, nos e-mails do computador do Raúl Reyes, Medina mesmo escreve a Reyes relatando a manobra política para empregar "Mona" - a esposa - no Governo do PT!
  • O próprio Raúl Reyes, em entrevista à Folha em agosto de 2003, afirmou que mantinha contato freqüente com Lula e que esse contato só foi freiado quando o homem foi eleito Presidente - como eu disse, nessa hora é melhor manter a coisa pro baixo dos panos... Está lá, nas palavras do próprio Reyes: "Tenho muita esperança em que o governo Lula se transforme num governo que tire o povo brasileiro da crise. Lula é um homem que vem do povo, nos alegramos muito quando ele ganhou. As Farc enviaram uma carta de felicitações. Até agora não recebemos resposta. [...] Estamos tentando estabelecer --ou restabelecer-- as mesmas relações que tínhamos antes, quando ele era apenas o candidato do PT à Presidência. [...] [N]os encontramos [eu e Lula] em locais diferentes e mantivemos contato até recentemente. Quando ele se tornou presidente, não pudemos mais falar com ele". E antes que João Costa acuse de conspiração da Folha - ela mesma dominada pelos comunas - cabe salientar que de novo que estas palavras são de Raúl Reyes, o segundo das FARC, não do jornal!
E aí, João Costa? As ligações são "supostas"? É tudo "a velha estratégia de terror"?
Desafio o Sr. João Costa a negar os fatos acima e provar que são falsos! Desafio o Sr. João Costa a provar que PT e FARC não dividiram o mesmo teto no Foro de São Paulo, que Dilma não empregou a esposa de Olivério Medina, que no computador de Raúl Reyes não foram encontradas mensagens de cabeças do PT e do Governo e a provar que tudo não passa de um conto do tipo "comunistas comem criancinhas". Desafio!
João Costa ainda afirma que tudo é ressentimento porque a camarada Dilma tem "um passado de luta contra a ditadura, armada inclusive" e que, por isso, "o mote volta com força, mas como farsa". Que não é farsa eu já provei e mostro ainda mais que não é, se quiserem.
Farsa mesmo é o mote de que a Dilma tem "um passado de luta contra a ditadura"... 
Ora, pelo amor de Deus! Quanto cinismo!
Os grupos terroristas dos quais a Dilma era membro - como COLINA e VAR-Palmares - explodiam carros bomba em praça pública, assaltavam bancos e mantavam gente inocente, civis brasileiros. Uma coisa é você matar militares do outro lado numa guerra, outra coisa é você matar civis inocentes e ainda mais conterrâneos: isso é terrorismo, Sr. João da Costa! Isso não é "passado de luta contra a ditadura" nem que o senhor queira!
Aliás, Dilma lutava mesmo contra uma ditadura, ou Dilma lutava por uma outra ditadura? Porque uma pessoa que faz parte de grupos apoiados pela URSS e Cuba - os dois lugares "mais democráticos" do mundo... - não pode, sob hipótese nenhuma, estar lutando por democracia, mas tão somente por outra ditadura, uma ditadura comunista nos moldes de Cuba e da URSS!
Então, vamos parar com o cinismo... Esse mote sobre a "luta democrática da Dilma", sim, é uma farsa - e das feias!
Mas o Sr. João da Costa ainda cria um tal de Partido da Imprensa Golpista!
"Ai, meu saaaaaaaaaco!!", como dizia o Alborghetti.
Que diabos de "Imprensa Golpista" é essa, meu Deus? Onde pantufas o Sr. João da Costa está vendo "Imprensa Golpista"?? A Mídia brasileira é toda - sem exceção - dominada por comunas e revolucionários, mas eles insistem em posar de coitadinhos e vítimas da Imprensa... O disfarce é ótimo, mas cínico e hipócrita. E a prova de que a Mídia é toda dominada pelos comunas é justamente o fato de que o Governo consegue esconder as relações espúrias do seu Partido com as FARC por décadas, sem que nenhum jornal denunciasse patavina nenhuma. Até o Foro de São Paulo ficou oculto por décadas! E o Sr. João da Costa por acaso não viu que a mídia nacional - inclusive a Folha - está tratando o furo PT-FARC apenas como uma historieta precipitada e sem sentido e que a própria Veja só veio denunciar a coisa com décadas de atraso? Olavo de Carvalho, Heitor de Paola, Graça Salgueiro, Alborghetti e muitos outros denunciaram estas relações promíscuas do PT com as FARC há muito tempo na mídia independente, mas a mídia nacional permanecia caladinha, caladinha, usufruindo das benesses do Governo e dos comunas nacionais... Eu mesmo sabia das relações PT-FARC, lendo a mídia independente, muito antes da Veja publicar alguma coisinha tímida sobre isso.
Então, Sr. João da Costa, vamos parar de nos fazer de coitadinhos, não é? A única Imprensa Golpista do Brasil é essa que está mancomunada com o golpe que os comunistas já deram neste país.
O interessante é que João da Costa menciona uma multa do TSE na campanha presidencial de 2002 como se fosse a melhor refutação de todas as provas - algumas poucas que citei acima - da relação PT-FARC.
Pronto! O TSE multou em 2002, dizem. Conseqüência "lógica": o PT não tem relações com as FARC. E saem triunfantes por algo que não prova nada.
A mente de um comunista é engraçado... Sempre trabalhando com dois pesos e duas medidas.
Meses atrás, quando o TSE estava multando Lula e Dilma por propaganda eleitoral antecipada, os petistas se escandalizavam, gritavam e espernevam contra a "perseguição" dessa "elite política nacional", desse "tribunal burguês neoliberal", etc, etc...
Mas agora, que a prostituição PT-FARC finalmente vazou para todo mundo ver - e não só quem lê a mídia independente - os petistas relembram uma multa do TSE lá de 2002 e apresentam como prova irrefutável o mesmo Tribunal contra o qual eles gritavam, choravam e aprontavam o dedo meses atrás!
Porque a mente de um petista, envenenada pela dialética marxista, funciona assim: quando me acusam, não sou culpado, mas vítima de perseguição; mas se a mesma acusação for feita contra o adversário, nas mesmas circunstâncias, é prova cabal de que eu sou santo e o adversário, o diabo.
Nessa lógica: a multa do TSE contra Serra em 2002 é prova de que PT não tem relações com as FARC, é sacrossanto, puro; mas as multas do mesmo TSE contra Lula e Dilma meses atrás eram perseguição e injustiça!!
E eles agem com essa visão deturpada, com essa moral de dois pesos e duas medidas, em tudo, em qualquer debate.
Eu já vi petista, na mesma conversa, condenar o assistencialismo de FHC-Serra e um minuto depois dizer que o Bolsa Família do Lula não é assistencialismo, mas uma medida necessária para "tirar o povo da miséria"...
Por isso que quando eu digo que FHC, Serra, Lula, Dilma são todos farinha do mesmo saco, comunistas mais ou menos enrustidos, petista se escandaliza... Mas se escandaliza porque sabe que são todos o mesmo esterco e, na sua moral de dois pesos e duas medidas, precisam de alguém para culpar e assim poderem se passar por vítimas: aí apontam o dedo para o outro lado, quando são a mesma coisa que eles.
Então o João Costa nos premia com uma última frase de efeito. Em toda sua sabedoria e clarividência, o colunista revela as reais intenções desta "velha tática de terror", deste "mote farsante" sobre as relações espúrias entre PT e FARC: "Só sei que a intenção é vincular o nome de Dilma ao tráfico de drogas."
Não, Sr. João Costa. Isso não é a intenção. Não a intenção simplesmente porque isso é outra coisa: é a conseqüência lógica.
Ora, vamos usar a lógica petista: o FMI é neoliberal; quando FHC fazia empréstimo no FMI - que é neoliberal - o que isso significava? Os petistas diziam: FHC é neoliberal, porque faz empréstimo no FMI, que é neoliberal.
Depois eles diziam mais: se o neoliberalismo é o mal do mundo moderno, porque coloca "o povo na miséria", então FHC e o FMI, que são neoliberais, colocam o povo na miséria também.
Isso nenhum petista pode negar, porque passaram anos a fio repetindo.
Se eles usarem a mesma lógica no caso presente, o mesmo raciocínio indutivo, vão encontrar o quê?
Veja-se: as FARC são organizações terroristas e narcotraficantes; o PT e o Governo Lula sempre tiveram relações com as FARC, conforme amplamente provado; o que vem em seguida? Como é possível apoiar um narcotraficante sem estar apoiando por tabela o narcotráfico? Como é possível receber dinheiro das FARC para campanha  - foi a ABIN que disse, não eu! - sem que isso seja estar ligado a dinheiro do narcotráfico?
Como sabem quais são as conseqüências lógicas das relações entre PT e FARC, o PT nem combate as conseqüências, mas tenta negar a própria relação. Só que isso é impossível, porque ela está aí, documentada e comprovada.
O mais interessante é o PT insistir veementemente em negar sua relação com as FARC, que eles por tanto tempo ostentaram no Foro de São Paulo. Ora, se as FARC, como eles dizem, não são um grupo terrorista nem de narcotraficantes, mas apenas um "movimento político-social", que luta pela libertação do povo colombiano... porque eles querem negar relação com eles? Se as FARC são só um "movimento político-social", não precisam negar nem temer nada.
A atitude mostra dois lados da hipocrisia petista: eles sabem que as FARC são uma organização terrorista, não um "movimento político-social"; e, apesar de até hoje se negarem a condená-los, querem negar relações; são hipócritas com os brasileiros, a quem mentem descaradamente. Mais ainda: por tanto tempo declamaram apoio e elogios às FARC, sob o teto do Foro de São Paulo... e agora, na sinuca de bico, são falsos com seus próprios amiguinhos.
Eis a moral de dois pesos e duas medidas do PT! Uma moral sórdida e insana. 
Então, Sr. João da Costa, vamos deixar do show de cinismo.
O título de sua matéria é O PIG, as FARC e os coitadinhos. O único PIG existente é aquele do qual a própria mídia nacional já faz parte: a Imprensa Golpista que já apóia o golpe dado pelos comunistas neste país. E as FARC já se comprovou fartamente estarem relacionadas com o PT.
E os coitadinhos, quem são?
Os únicos "coitadinhos" dessa história toda são os petistas e comunas de demais matizes, que têm relações comprovadas e documentadas com as FARC, dominam a mídia e ainda têm o cinismo, a cara de pau e a hipocrisia de posarem de vitimazinhas choronas, santinhas, que nunca fizeram nada.
Como eu disse num post dias atrás: a coisa toda é um circo, o Brasil é palhaço e estas cobras gritam: "Respeitável público...!"
***
Para saber mais:

Documentos dizem que partido do presidente brasileiro recebeu dinheiro das FARC

PT e FARC: Recordar é viver..., do Mídia Sem Máscara

Os Laços Brasil-FARC, de Percival Puggina 

Qualquer coisa e o sr. Summa, de Olavo de Carvalho

Finalmente começa a vir à tona, de Graça Salgueiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário